Taquara lamenta negativa da Saúde para abertura da Farmácia 24h no Hospital



A negativa do Gerente de Saúde do Município, Fábio Bonicontro, em atender sugestão do Vereador Fabiano Taquara (PROS), de reabertura da farmácia 24 horas no Hospital Municipal, não será aceita pelo parlamentar e os dois colegas, Bugão Construtor e Ederson Dutra, que subscreveram o requerimento. O Vereador autor entende que não está havendo boa vontade por parte da pasta da saúde e as consequências para os pacientes serão amargas .
A preocupação do vereador decorre da necessidade de haver o atendimento dos pacientes de baixa renda, no período noturno e principalmente em finais de semana,horário em que a Farmácia da Prefeitura está fechada. “Imagino alguém na sexta-feira no inicio da noite com uma dor, é atendido pelo médico, mas só vai poder tomar o remédio na segunda, depois das 8 da manhã” lamenta Fabiano Taquara.
Na justificativa para negativa, o Gerente Bonicontro, se reporta a uma portaria do Ministério da Saúde que disciplina o funcionamento das unidades de distribuição de remédio, além de afirmar a necessidade de contar com um farmacêutico para atendimento, que por si só, já inviabilizaria a reabertura. Como parte interessada, co autor do requerimento, o vereador Ederson Dutra, Neninha, (PSOL), diz acreditar que tal decisão não tem a anuência do Prefeito Izauri de Macedo (DEM). “É uma questão de humanidade, não técnica” diz, ressaltando que se trata da saúde das pessoas, da dor de uma criança, uma pessoa idosa, lembra. Para Neninha com a negativa, com certeza foi uma luta perdida, porém continuarão trabalhando para no final vencer a batalha.
O vereador Fabiano espera contar com apoio da população que precisa desses medicamentos, aos receberam a indicação médica, para juntos convencer o Prefeito. “Espero que essa resposta não tenha sido avalizada pelo Prefeito” diz, reiterando a ideia de continuar na briga nela abertura da farmácia, nem que ocorra apenas nos finais de semana e feriados prolongados.


Fonte: Wilson Soares dos Reis

Voltar para as Notícias