Junior defende direitos de Vigias e Cozinheiras



Entendendo que tais atividades estão abrangidas pelas normas regulamentadoras, NR 15 e 16, com seus anexos e emendas, o vereador Junior do PT solicitou através de indicação, estudo por parte do município para a possibilidade do pagamento da periculosidade para a categoria de vigia e insalubridade para as cozinheiras que atuam nos serviço público municipal.
A indicação que também foi assinada pelos colegas, Ederson Dutra, Fi da Paiol e Cris Gradella, pede ao Prefeito, com cópia ao Gerente de Administração Eduardo Mendes, estudo para a possibilidade desse atendimento.
Segundo Junior, as normas estão contidas na Portaria 3.214 do Ministério do Trabalho datada de 08 de junho de 1978 e publicada no Diário Oficial da União em 06/07/1978. “Esperamos que o executivo faça essa avaliação com carinho, uma vez que esses funcionários sonham com a volta desse beneficio que já obtiveram no passado” destaca o Vereador.


Fonte: Wilson Soares dos Reis

Voltar para as Notícias