Legislativo encaminha para Procuradoria denúncia sobre suposto uso de Máquina



Em uma Sessão Extraordinária realizada nesta terça-feira (18), os vereadores aprovaram por 9 votos favoráveis e 4 contrários o encaminhamento da denúncia sobre possível irregularidade no uso de uma máquina que estaria a serviço do município. O relatório da Comissão Especial que apurou os fatos havia decidido pelo arquivamento, em razão da documentação colhida ter sido, na opinião dos integrantes da CE, suficientes tecnicamente para não dar prosseguimento.

Mesmo reconhecendo o grande trabalho da comissão, respeitando sua decisão, a maioria optou por encaminhar para a Procuradoria Geral de Justiça do MS. “Não estamos fazendo juízo de valores, até acreditamos na inocência do chefe do executivo, mas há necessidade de uma avaliação mais cautelosa e com uso de mecanismos mais eficientes que o MPE possui” falou Ederson Dutra, primeiro a usar de aparte na discussão da matéria.

Os demais vereadores tiveram opinião parecida. Caso o Tribunal de Justiça detecte alguma irregularidade na denúncia, o caso voltará ao legislativo. Se não existir materialidade haverá o arquivamento.

A denuncia é quanto a uma suposta utilização de uma máquina terceirizada, alugada para o município em uma área particular. A defesa do executivo apresentou documentação assegurando que na data do serviço o equipamento ainda não estava a serviço da Prefeitura, uma vez que não havia ordem de serviço para esta finalidade.


Fonte: Wilson Soares dos Reis

Voltar para as Notícias